Sala1peq sala2peq

arrow Paralisia Braquial Obstétrica (PBO)


Pralisia braquial obstétrica (PBO) é uma paralisia do membro superior que pode ocorrer com a criança no momento do parto. Ela é devida a lesão do plexo braquial (nervos responsáveis pelo movimento e sensibilidade das mãos, dos braços e dos dedos) e é, geralmente, atribuída a tração da cabeça e do pescoço durante a liberação dos ombros na apresentação cefálica ou a tração sobre os braços estendidos acima da cabeça na apresentação pélvica. Um ou dois em cada 1000 recém-nascidos têm esta condição.
A PBO é classificada em paralisia alta (Erb-Duchenne), baixa (Klumpke) e completa, como mostra na tabela. Erb-Duchenne é a forma mais comum (80% a 90% dos casos) e tem melhor prognóstico. A forma Klumpke é rara (5% ou menos), tem pior prognóstico e tem sido relacionada com uma forma completa que evoluiu com recuperação rápida da porção alta do plexo braquial, anomalias congênitas (costela, tendão ou vaso sangüíneo) comprimindo o plexo ou lesão medular.
È comum a presença de lesões associadas como fraturas (úmero, clavícula), paralisia de nervo frênico (nervo que inerva diafragma) ou nervo facial, ruptura ou hemorragia de esternocleidomastoideo (músculo do pescoço) e lesão cerebral. 
Fatores de risco:
- Recém-nascido grande para a idade gestacional
- Apresentações fetais anormais
- Parto prolongado
- Baixa estatura materna
- Líquido amniótico com volume diminuído
- Crânio volumoso.
A prevenção da lesão pode ser feita através da ultrassonografia para realizar reconhecimento de bebê grande para a idade gestacional e facilitar a decisão de indicação de cesariana para os casos de alto risco.
O diagnóstico é feito através de avaliação da mobilidade articular, força muscular, preensão palmar, reflexo de Moro, reflexos tendinosos e da sensibilidade. Os achados podem variar de acordo com as raízes envolvidas (tabela).

(tabela)


arrow O tratamento fisioterapêutico da criança com PBO deve ter início o mais precocemente possível. Mesmo com dias de vida já é possível iniciar a fisioterapia com movimentos passivos suaves e orientações quanto ao posicionamento da criança.

Ligue agora e agende um horário para o seu bebê. Tel: (11) 5081-2253.

 

- Por Dra. Heloisa Chaim - Fisioterapeuta - Crefito 3 174524 F